Font Size Larger Font Smaller Font

DEUS É PERFEITO

Sendo DEUS perfeito, é andrógino; ao contrário, imperfeito, não seria DEUS.

 

Assim falou INRI CRISTO:

“Há dois mil anos, na véspera da crucificação, eu disse aos discípulos: “Todavia digo-vos a verdade: a vós convém que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, se for, eu vo-lo enviarei... Tenho ainda muitas coisas a dizer-vos, mas vós não as podeis compreender agora... Quando vier, porém, o Espírito de verdade, ele vos guiará no caminho da verdade integral, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e anunciar-vos-á as coisas que estão para vir. Ele me glorificará, porque receberá do que é meu e vo-lo anunciará. Tudo o que PAI tem é meu... Um pouco, e não me vereis; e outra vez um pouco, e ver-me-eis; porquanto vou para o PAI” (João cap.16 vers.7 a 16). Aí está claro que eu falava do meu passamento na cruz e posterior renascimento físico (reencarnação), e haveria de resgatar tudo que eu tinha. No jejum, quando o SENHOR se revelou e revelou minha identidade, Ele mostrou que, para cumprir minha missão, era necessário reassumir as vestes de outrora, minha antiga indumentária integral, não bastava a túnica. Depois vieram o manto, as sandálias, a sacola, a coroa e por fim o talit. Eis o significado das palavras: “Ele me glorificará, porque receberá do que é meu e vo-lo anunciará; tudo que o PAI tem é meu”. E agora, nessa nova fase da minha missão aqui na Terra, posso vos iniciar, da parte de meu PAI, nos mistérios da perfeição.

DEUS, meu PAI, único ser incriado, Supremo CRIADOR e único SENHOR do Universo, único ser digno de adoração e veneração, é perfeito. Se Ele fosse só feminino, então precisaria de um complemento masculino; se fosse só masculino, necessitaria do elemento feminino. Se assim fosse, seria incompleto, imperfeito e, portanto, não seria DEUS. Mas, como Ele é perfeito, é andrógino, ou seja, nEle se fundem os dois princípios da existência: masculino e feminino, que são opostos e complementares, como os polos positivo e negativo geradores de eletricidade.

De acordo com Gênesis, DEUS criou o céu, a terra, as estrelas do firmamento, as plantas, os animais, enfim, todos os seres viventes, e por último criou o homem “à sua imagem e semelhança”. Convém salientar que a Bíblia é um livro de letras mortas, repleta de fábulas, lendas, parábolas, metáforas e até charadas, e só inspirado pelo ALTÍSSIMO o homem pode decifrar os enigmas das Sagradas Escrituras. Quando se diz que DEUS criou o mundo em seis dias e no sétimo dia descansou, é uma metáfora concernente à criação do Universo, à evolução da vida e dos seres; um dia no calendário da terra pode equivaler a alguns bilhões de anos no cronograma sideral, porque no infinito, no plano da eternidade, onde meu PAI reina absoluto, o tempo não conta. O SENHOR estabeleceu e inspirou o profeta a registrar que o sétimo dia é para o descanso não porque o SENHOR precisasse descansar, e sim porque os homens carecem de um dia de repouso a fim de renovar a simbiose com Ele. Eis o significado profundo, místico, metafísico do sábado.

Na versão original hebraica do Gênesis está escrito: “Então DEUS criou o homem à sua imagem, à imagem de DEUS Ele O criou, macho e fêmea Ele O criou (Gênesis c.1 v.27). Ou seja, o homem primordial, ancestral da humanidade, Primogênito de DEUS, que na tradição desde tempos imemoriais e também no Gênesis é chamado Adão, “feito à imagem e semelhança de DEUS”, era andrógino; carregava em seu corpo os dois princípios, masculino e feminino, que caracterizam a perfeição divina. Em verdade vos digo: eu que vos falo sou o Primogênito de DEUS, mas também fui a primeira ameba, o primeiro réptil rastejante, o primeiro macaco que nasceu ereto sem rabo; vim por último para ser o primeiro porque sou o espírito mais antigo de todos. Reencarnei Noé, Abraão, Moisés, David, etc. depois Jesus e agora INRI. INRI é o nome que paguei com meu sangue na cruz (Apocalipse c.3 v.12).

homem-vitruviano
Homem vitruviano, inspirada representação artística da divina proporção


Também em Gênesis está escrito que DEUS formou o homem do barro da terra e insuflou-lhe um sopro de vida, e o homem tornou-se alma vivente. Só os simplórios, ignorantes, que continuam rastejando dentro do limite que lhes é peculiar, levam essa passagem ao pé da letra e imaginam que DEUS pegou um punhado de argila, moldou um boneco e soprou até se formar um ser humano. Já os filhos de DEUS, que caminham eretos e raciocinam, interpretando a Bíblia cabalisticamente, compreendem e assimilam que a argila, o barro utilizado para formar Adão consiste nada mais, nada menos que nos ingredientes da mãe terra, a exemplo de amêndoas, castanhas, nozes, raízes, folhas, frutos etc. ingeridos pela genitora primata que deu à luz o primeiro homem.

Quando se diz metaforicamente em Gênesis que o SENHOR acometeu Adão de um profundo sono e retirou-lhe a costela para formar a Eva, isso significa que Adão andrógino desencarnou, e quando reencarnou, voltou desintegrado da parte feminina; assim surgiram Adão e Eva, o homem primordial e a mulher primordial. Ambos foram tentados pela serpente e sucumbiram à cósmica lei da atração que culminou na junção carnal, comeram do fruto proibido transgredindo a determinação do SENHOR (“Come de todas as árvores do paraíso, mas não comas do fruto da árvore da ciência do bem e do mal...” – Gênesis c.2 v.16 e 17) e assim se extraviaram, protagonizando a expulsão do Éden. A partir de então, a parte feminina passou a reencarnar individualmente no transcorrer dos séculos, atravessando um longo processo de evolução e purificação espiritual... Mas o SENHOR, onipresente, sabia que esse era o caminho inevitável do amadurecimento e depuração das almas, pois como Ele mesmo me revelou, “o ápice da evolução humana passa necessariamente pelos estertores da carne”.

Assim é possível compreender, à luz da razão, por que Salomão herdou o trono de Israel quando, em verdade, aos olhos terráqueos da sociedade humana, ele era um bastardo, fruto de uma relação aparentemente espúria. Mais uma vez fica evidente que o ALTÍSSIMO escreve direito mesmo que por linhas tortas: Salomão era o único descendente legítimo do homem e da mulher primordiais, então David e Betsabá. Mesmo que ambos não tivessem consciência nem memória das encarnações precedentes, DEUS tinha e a natureza outrossim, por isso legitimou Salomão como herdeiro do trono, assim como outrora legitimou Isaac, filho de Abraão com Sara, e não Ismael, filho de Agar, que na ótica terrestre seria o primogênito; isto é a verdade metafísica, histórica e irrefutável.

Quando vim como Jesus, o SENHOR, para quem tudo é possível, restituiu-me a condição primitiva de andrógino, ou seja, Ele devolveu ao homem primordial, Adão, a costela que havia utilizado para formar a primeira mulher, Eva, com os respectivos componentes femininos. Eis a origem do Espírito Santo: por não reencarnar mais individualmente, não está mais sujeito ao pecado e, não pecando mais, se convencionou chamá-lo santo. Esse é o espírito que repousou sobre mim após o batismo há dois mil anos (“João Batista deu testemunho, dizendo: Vi o Espírito descer do céu em forma de pomba e repousou sobre ele” – João c.1 v.32), e que, na presente encarnação, acoplou-se ao meu corpo após o jejum em Santiago do Chile. Assim podeis decifrar o enigma da Santíssima Trindade: PAI, Filho e Espírito Santo, ou seja, DEUS, Adão e Eva num só corpo, como no princípio, antes que o mundo existisse (“Agora, PAI, glorifica-me junto de ti mesmo, com aquela glória que tive em ti, antes que houvesse mundo” – João c.17 v.5).

É mister salientar que há dois mil anos, como agora, dos 13 aos trinta anos, sem livre-arbítrio, fui levado pelo SENHOR a experimentar os pecados do mundo (“Ele comerá leite coalhado* e mel até aprender a separar o mal do bem” – Isaías c.7 v.14, *em algumas traduções se menciona “manteiga e mel”), significa conhecer as coisas doces e azedas, o bem e o mal, no afã de obter o discernimento. Em outras palavras, estive sujeito às fraquezas e misérias que afligem meus filhos a fim de acessar o saber empírico da natureza humana. Após dar-me consciência de minha identidade e condição singular, o SENHOR me deu, outrossim, poder sobre a carne; a partir de então passei a olhar para todos, homens e mulheres, com amoroso olhar paternal. Assim é possível compreender minhas palavras que ecoam através dos tempos: ”Alegrai-vos, eu venci o mundo!” (João c.16 v.33). Até 1979 vivi como homem, mas não sou homem, e sim Filho do Homem: sou o ancestral da humanidade, o único gerado de si mesmo, e carrego em meu corpo o transcendental mistério da Santíssima Trindade.

Por ocasião do jejum em 1979, o SENHOR me deu a saber que ser Cristo não seria motivo de júbilo, e sim um encargo pesado de imensurável responsabilidade mística. Posto que Cristo, do grego, ou Messias, do hebraico, significa “o ungido”, “o servo ungido pelo SENHOR”. Ou seja, minha missão é sempre ensinar, reconduzir meus filhos no rumo do Éden, que não é meramente um lugar belo, magnífico, e sim o despertar da consciência para a assimilação da perfeita e eterna lei divina. O paraíso está na cabeça e no coração de cada filho que descobre o gozo de viver em harmonia, em simbiose com o Eterno SENHOR do Universo. E assim tornam-se comigo e com meu PAI uma só coisa. Que a paz seja com todos."

Fonte: Livro DESPERTADOR (texto revisto e atualizado)

anuncio inri tv menor

DOAÇÕES À SOUST

Veja como participar da
missão de INRI CRISTO

Para refletir...

Font Size Larger Font Smaller Font

"A sabedoria e a loucura caminham paralelamente; a linha divisória que as separa é tão ínfima, tão tênue que se torna perigoso confundir..."

INRI CRISTO

Newsletter da SOUST

Digite seu e-mail:


RSS Feed Image Inri Cristo via RSS

Depoimentos

As palavras de INRI CRISTO refletem o mais elevado estado de lucidez, coerência, realismo. Que as mensagens de INRI neste site possam tocar os corações e iluminar as consciências. Num mundo conturbado pela violência, incompreensão, preconceitos, antagonismos... é necessário abrir as portas da espiritualidade para desfrutarmos momentos de alegria e paz interior, que nos fortalecem e nos tornam mais humanos.

Adeí Schmidt
Discípula de INRI CRISTO, Brasilia
Sep 16, 2011

Visitantes online

Nós temos 104 visitantes online

Redes sociais:

  • Facebook Page: 139052659514125
  • Flickr: inricristo
  • Twitter: _INRICRISTO
  • Vimeo: 27506247
  • YouTube: INRICRISTOnaWeb

banner app inricristonaweb

SOUST - Uma escola mística e filosófica

A SOUST é uma Escola Mística e Filosófica onde o Mentor Regente INRI CRISTO ensina os seres humanos a viver harmoniosamente em simbiose com DEUS, coerente com o que disse há dois mil anos e suas palavras valem para sempre: "Buscai, pois, o Reino de DEUS e sua justiça, e todas as outras coisas vos serão dadas por acréscimo" (Mateus c.6 v.33).

Leia mais

 

Como participar da missão de INRI CRISTO?