Font Size Larger Font Smaller Font

A distinção entre o bem e o mal. O que é pecado?

Assim falou INRI CRISTO:

"A ética divina é a única válida, perdura imutável ao longo dos séculos por representar a eterna lei estabelecida pelo ALTÍSSIMO. Em resumo: tudo o que fizeres que faz mal para ti ou para outrem é pecado; tudo que fizeres que não faz mal a ti nem aos outros não é pecado.

Fumar é pecado porque faz mal a ti e aos que te circundam. Roubar é pecado porque prejudicas aqueles de quem subtrais ilegalmente um bem e também tua consciência, a qual te acusará sem tréguas. Odiar é pecado porque podes contrair uma úlcera e até sucumbir vítima de diversos achaques em teu organismo e, ao emitir energias negativas, farás mal a quem odeias. Invejar é pecado porque impedes o PAI Celeste, o Todo-Poderoso, de te abençoar com abundância; tudo que invejas em teu semelhante impedes que a Divina Providência conceda a ti (ver circular Inveja no livro DESPERTADOR 1ª parte), etc.

Os embustólogos, falcatruólogos, engodólogos disfarçados de teólogos inventaram uma falsa ética para impor ao povo cristão como mecanismo de chantagem emocional e opressão das mentes dos desavisados e incautos. Isto é tão danoso, nefasto e terrível que muitos chegam a adoecer condenando-se por um pecado que não cometeram, mas que está inserido no contexto da "ética" dos opressores. Ao pensar: "Ah, cometi um pecado!", a pessoa projeta o pensamento ao cosmos, usa seu poder mental no plano inconsciente para se autopenitenciar, adoece para pagar por um pecado que supunha haver cometido, mas na realidade não cometeu.

Assim a mente dos cristãos é escravizada, oprimida por esses traidores da causa divina, pseudo-representantes de DEUS, e é por este motivo que Ele me reenviou a este mundo como libertador. Voltei para libertar o meu povo do jugo dos falsos religiosos, dos grilhões da idolatria, da fantasia e da mentira. Amo a liberdade, por isto deixo livres os seres que amo. Se voltam é porque me reconheceram e são meus filhos, dignos de meu PAI, SENHOR e DEUS, que é em mim; se não voltam é porque jamais tiveram parte comigo.

Havereis de concordar, meus filhos, que, mesmo guiados pela ignorância, se ao menos os sacerdotes da igreja proscrita acreditassem em sua espúria "ética", em seus preceitos, por certo seriam os primeiros a acatá-los. Todavia, não se sentem sequer constrangidos em ser os primeiros a violar suas próprias regras. Como são mentirosos, utilizam-se da indumentária de probidade para melhor poder extorquir, fingem hipocritamente ser o exemplo de conduta para subtrair mais e mais recursos do povo indefeso. Vejamos: só durante a Idade Média, a famigerada "Santa Inquisição" fez arderem na fogueira milhares de pessoas inocentes em nome de DEUS e da "santa madre igreja", que foi a maior detentora do poder temporal naqueles dias graças à avidez de acumular riquezas chantageando o povo. Na atualidade, afloram-se os casos de homossexualismo, pedofilia, estupro, assassinatos, os jogos de interesse, as falcatruas, a chantagem, a hipocrisia, etc., praticados no seio da proscrita igreja romana. Isto sempre aconteceu, não obstante conseguiam manter em sigilo (ver recortes de jornais e revistas no livro DESPERTADOR 2ª parte). Onde está a ética?

Uma das mais contundentes evidências da maldade praticada contra o povo é a obrigação de uma mulher carregar em seu ventre o feto fruto do estupro contra sua vontade, sob pena de, segundo a falsa ética, estar incorrendo em pecado grave (ver detalhes na circular Aborto no livro DESPERTADOR 3ª parte). Na instituição do matrimônio, primeiro lançam agouros negativos ao dizer: "...até que a morte os separe" (enquanto eu disse antes da crucificação: "Todo o que vive e crê em mim não morrerá..." - João c.11 v.26). Depois, sob pena de novamente estar infringindo a falsa ética, obrigam os nubentes a permanecerem unidos para sempre, pregando a fidelidade eterna. A fidelidade é uma virtude louvável, quando não há falsidade. Mas fingem ignorar que a maioria dos casamentos só se realiza porque a noiva já carrega em seu ventre o feto ou por interesses recíprocos, mormente pecuniários. "Não separe o homem o que DEUS juntou" (Mateus c.19 v.6). Efetivamente, o matrimônio sob a bênção do ALTÍSSIMO perdura eternamente. Agora, aquele realizado pelos pecadores sem a anuência do alto esfacela-se tão logo surgem as primeiras vicissitudes.

E aí reside mais uma prova da falsidade, contradição, perversidade, anti-ética dos ditos religiosos: com que autoridade ousam pregar fidelidade eterna se eles mesmos são traidores, atestaram sua infidelidade ao violar meus ensinamentos? No Evangelho está claro: "Dai de graça o que de graça recebestes" (Mateus c.10 v.8), e eles vendem sacramentos (que, cifrados, ou seja, calculado o preço, deixam de ser sacramentos); "A ninguém chameis pai sobre a terra, porque um só é vosso PAI, o que está nos céus" (Mateus c.23 v.9), e eles intitulam-se "padre" e "papa", cuja tradução significa pai. Tentam coagir o povo a assistir à missa todos os domingos, enquanto eu não mandei ninguém ir à missa, que consiste em mais uma invencionice dos traidores da causa divina. Ao contrário, eu disse: "Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto, e, fechada a porta, ora a teu PAI em segredo; e teu PAI, que vê (o que se passa) em segredo, te dará a recompensa" (Mateus c.6 v.6). Guardam o domingo ao invés de sábado, que é o dia consagrado ao SENHOR (Gênesis c.2 v.3 / Êxodo c.20 v.8). Ensinam ao povo em suas espúrias preces ("Ave-Maria", "santa Maria mãe de deus") que DEUS, o Supremo CRIADOR, único ser incriado, único eterno, único ser digno de adoração e veneração e único SENHOR do Universo, tem mãe, a maior blasfêmia proferida contra o ALTÍSSIMO, meu PAI. Negam a reencarnação que eu ensinei e eles mesmos ensinaram até o séc. VI, ocasião em que foi suprimida da doutrina cristã por um erro histórico protagonizado pelo imperador Justiniano. Ensinam o povo a adorar ídolos, os quais dizem ser um instrumento para chegar a DEUS, vilipendiando uma vez mais meus ensinamentos, olvidando-se que eu disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vai ao PAI senão por mim" (João c.14 v.6) e que na Bíblia a idolatria é dezenas de vezes condenada ("Eu sou o SENHOR, vosso DEUS. Não fareis ídolos para vós..." - Levítico c.26 / "O ídolo, obra das mãos humanas, é maldito..." - Livro da Sabedoria c.14 v.8 / "Ficarão de fora do Reino de DEUS... os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira" - Apocalipse c.22 v.15 / "Eu sou o SENHOR, este é meu nome. Não darei a outro a minha glória, nem consentirei que se tribute aos ídolos o louvor que só a mim pertence" - Isaías c.42 v.8, etc.), dentre inúmeras outras desobediências à lei divina.

DEUS é a causa e princípio de tudo. Antes que as instituições políticas existissem, antes que as diferentes religiões existissem, antes que as civilizações existissem, antes que o homem existisse, antes mesmo que o céu e a terra existissem DEUS existia, e também suas leis perfeitas e eternas. Portanto, para estarem firmemente implantadas, as bases de uma sociedade devem ser erigidas com uma religião casta, pura, sem mácula, porque DEUS é perfeito e qualquer imperfeição significaria o afastamento do ALTÍSSIMO e conseqüente início da desarmonia, porque Ele é harmonia, paz, perfeição.

Se os que se intitulam religiosos fossem verdadeiramente servos de DEUS, deveriam ser o exemplo de virtude, probidade, retidão. Todavia, a igreja que deixei há quase dois mil anos transformou-se em um antro de perfídia e iniqüidade. Ao invés de ser a igreja de DEUS, tornou-se a igreja de Aristóteles, de Paulo, de Constantino, de Justiniano e de tantos outros que introduziram falsos ensinamentos em sua doutrina. Permite em seu interior os vermes, pústulas, impuros, alegando que não os excomunga porque os homens são ruins mas a igreja é "santa" e "pura". Ora, ela só não varre para fora os seres abomináveis porque não possui moral. E se o fizesse, quem sobraria da hierarquia? Uma vez mais evidencia-se a traição, porque eu disse quando me chamava Jesus: "Ah, se fosses frio ou quente, mas como és morno começarei a vomitar-te de minha boca" (Apocalipse c.3 v.16). Ela está podre desde as raízes, motivo pelo qual exaurirá, fenecerá vítima do pacto que perpetrou com os súditos de satanás.

A anti-ética da religião é, conseqüentemente, causa da corrupção dos políticos. Se os ditos representantes de DEUS enganam, trapaceiam, roubam, é óbvio que transmitem mau exemplo aos líderes, os quais pensam: "Se aquele que se diz sacerdote, servo de Cristo, rouba, trapaceia, vende indulgências, sacramentos falsos e chantageia o dízimo, então eu também vou aprender como espremer os trabalhadores através de impostos e novas leis a fim de subtrair mesmo os seus parcos recursos, até para não ser visto como inferior pelos ditos representantes de DEUS, que comem, bebem e vivem licenciosamente na ostentação e luxúria, graças à opressão que exercem sobre o povo. Eles enganam oficialmente com o respaldo do deus que inventaram." Eis por que são tão corruptos, mesquinhos, rapaces, exploradores, opressores. Crescem sendo instruídos assim desde a catequese do embuste. Como desconhecem o DEUS verdadeiro, aquele que fez os homens, o SENHOR da justiça, meu PAI, então é para eles conveniente levar essa vida iníqua.

Assim podeis compreender, meus filhos, como a podridão e hipocrisia reinantes nas sociedades começam na religião equivocada, a qual impõe falsos preceitos de ética. E a humanidade já tanto pecou que não há mais conserto possível. Então, com o fim deste mundo caótico através da inevitável hecatombe nuclear, será implantado na nova sociedade emergente das cinzas o regime teocrático, representação da lei de DEUS. Sua edificação terá base na lei divina e, por conseguinte, na ética divina, a qual não permitirá injustiças e fornecerá os padrões ortodoxos do que é certo e errado, o que é ou não pecado."

 Quem divulgar esta mensagem será agraciado com bênçãos do céu.

anuncio inri tv menor

DOAÇÕES À SOUST

Veja como participar da
missão de INRI CRISTO

Para refletir...

Font Size Larger Font Smaller Font

"No dia-a-dia, na individualidade de cada ser humano, ele raramente enxerga que justamente quando está sofrendo e padecendo é que está recebendo mais sabedoria."

INRI CRISTO

Newsletter da SOUST

Digite seu e-mail:


RSS Feed Image Inri Cristo via RSS

Depoimentos

As palavras de INRI CRISTO refletem o mais elevado estado de lucidez, coerência, realismo. Que as mensagens de INRI neste site possam tocar os corações e iluminar as consciências. Num mundo conturbado pela violência, incompreensão, preconceitos, antagonismos... é necessário abrir as portas da espiritualidade para desfrutarmos momentos de alegria e paz interior, que nos fortalecem e nos tornam mais humanos.

Adeí Schmidt
Discípula de INRI CRISTO, Brasilia
Sep 16, 2011

Visitantes online

Nós temos 43 visitantes online

Redes sociais:

  • Facebook Page: 139052659514125
  • Flickr: inricristo
  • Twitter: _INRICRISTO
  • Vimeo: 27506247
  • YouTube: INRICRISTOnaWeb

banner app inricristonaweb

SOUST - Uma escola mística e filosófica

A SOUST é uma Escola Mística e Filosófica onde o Mentor Regente INRI CRISTO ensina os seres humanos a viver harmoniosamente em simbiose com DEUS, coerente com o que disse há dois mil anos e suas palavras valem para sempre: "Buscai, pois, o Reino de DEUS e sua justiça, e todas as outras coisas vos serão dadas por acréscimo" (Mateus c.6 v.33).

Leia mais

 

Como participar da missão de INRI CRISTO?