Font Size Larger Font Smaller Font

inri-casa-de-pedraMeu corpo é um veículo, o veículo ungido pelo SENHOR

Assim falou INRI CRISTO:

“Depois que voltei do jejum em Santiago do Chile, em 1979, ocasião em que a poderosa voz que me comanda desde a infância se revelou e revelou minha identidade, dentre todos os que me conheciam até então, os que me reconheceram, que me compreenderam foram unicamente Wilhelm Theiss, o homem que me criara na infância (genitor), e Althair Correa de Oliveira, amigo e conselheiro no tempo em que vivi como profeta, consultor metafísico. Antes do jejum tive vários secretários e para todos foi muito difícil compreender minha realidade, eles chegaram a me olhar como um impostor, um farsante, que vem de repente dizendo ser Cristo. Um deles, José Alves Junior, por quem eu nutria elevada estima, chegou a ter alguns encontros comigo depois do jejum, todavia ele estranhou muito minha realidade, minha postura, e permaneceu 24 anos afastado de mim. Pouco antes de desencarnar, veio ao meu encontro em Curitiba e só então percebeu que se equivocara; foi a nossa despedida. No leito de passamento, pediu à esposa Lídia que me avisasse a fim de que eu encomendasse a alma dele. Assim também sucedeu aos demais assessores que viveram comigo antes do jejum... Osmar de Andrade, Luiz Fernando Tedeschi, Marcelo Sowinski, Mutsumi Ogura, Margaret Z. Moreira, Marcia Barreto, Rosemari Fugivara, Antonio Marques de Oliveira, etc.

Eu que vos falo sou espírito. Este corpo que uso para falar convosco é o veículo que me foi cedido pelo meu PAI, SENHOR e DEUS para trafegar, peregrinar sobre a Terra. Desde criança, quando comecei a andar sozinho, tornei-me condutor, amaciador e zelador deste veículo, mas não sabia quem era o titular, o SENHOR do veículo. Primeiro aprendi a conduzir, depois tive que amaciar o veículo, que foram as peripécias vividas, prisões, acidentes, sufocos, agressões, colisões... para testar se ele passava na prova. O SENHOR sabia que o veículo era bom, apto, mas eu tinha que me conscientizar que o veículo me garantia. Recebia sempre novas ordens e tinha que obedecer, sem saber por que. “Vai pra direita, vai pra esquerda...” Às vezes eu tinha até combinado com meus auxiliares uma rota, não demora vinha a ordem pra mudar de rota, alguns deles ficavam indignados... E eu tinha que obedecer incontinenti à poderosa voz que me comandava e comanda, só não podia revelar a ninguém que meus atos refletiam obediência a alguém superior. Desde criança eu tinha ordem que não podia falar isso a ninguém, chegava a ser desconfortável... O Junior, que era muito observador, dizia: “Nós combinamos de ir pra uma cidade e tu mudas assim de repente!” Aí eu dizia: “Tenho que ir pra lá” e dava um discurso bem grande para explicar por que tinha que mudar de rota, sem poder dizer que alguém superior tinha dado nova ordem.

Quando cheguei em Santiago do Chile, em 1979, veio a ordem de conduzir o veículo, meu corpo, ao estacionamento do jejum. Daí finalmente o titular, o SENHOR do veículo, se revelou. Foi quando Ele disse o porquê das ordens, explicou por que o veículo tinha que passar por todas as provas, todas as agruras e vicissitudes que passou... Foi quando lhe indaguei: “Mas como eu, pecador, eu que estive na alcova com mulheres, eu que estive na mesa do jogo ambicionando o alheio, eu que estive no meio de tantas intrigas e devassidão, tu dizes que eu sou Cristo, o mesmo que crucificaram?” Aí Ele, o SENHOR, disse: “Tu não fizeste essas coisas por tua conta. Tu foste levado por mim, que sou o teu PAI, SENHOR e DEUS, a conhecer, a experimentar as misérias do mundo. Tu estavas sendo preparado, inconsciente, sem livre-arbítrio, para finalmente cumprir tua missão”.* Só então tive consciência de que o veículo na verdade não era meu e pude revelar aos que cruzavam o meu caminho que meus atos refletiam obediência ao ALTÍSSIMO.

Mais adiante, em Tagna, no Peru, quando já tinha passado por todas essas provas e já estava indumentado de túnica, o SENHOR mandou à minha presença um homem, Dr. Carlos, diretor de uma escola, especialista em etimologia Inca, que disse assim: “Quem és tu?” Eu respondi quem era. Aí ele insistiu: “Mas eu quero saber quem és tu aí dentro, quem fala aí dentro...” Pois ele havia colocado todos os alunos em forma para me ouvir. Após minha oratória, ele veio me questionar. Como percebi que ele vislumbrara o mistério do SENHOR em mim, disse a ele que obedecia ordem superior de meu PAI, SENHOR e DEUS. Aí ele respondeu: “E doravante cada vez mais...” A boca dele se abriu e naquele momento, inspirado, ele falava por conta do ALTÍSSIMO... “Cada vez mais tu vais sendo anulado e Ele é que vai controlar, comandar o teu corpo...”

E assim foi na continuidade de minha peregrinação sobre a Terra, de país em país, de cidade em cidade, passando pelo histórico 28/02/1982, quando foi instituído o Reino de DEUS sobre a Terra, oficializado pela SOUST, os 24 anos que permaneci provisoriamente sediado em Curitiba, até chegar à minha realidade atual aqui em Brasília, a Nova Jerusalém (Apocalipse c.21). Que a paz seja com todos”.

*Obs.) Há dois mil anos também foi assim. Cumprindo-se o que estava previsto em Isaías c.7 v.14 (“Eis que o SENHOR fará este sinal: uma virgem conceberá e dará à luz um filho, que se chamará Emanuel. Ele comerá manteiga e mel até separar o mal do bem”), dos treze aos trinta anos, em que a Bíblia não menciona seu paradeiro, com o nome de Emanuel, Cristo foi levado pela Divina Providência, sem livre arbítrio, a experimentar os pecados do mundo, ou seja, experimentar o bem e o mal até obter o discernimento, e só depois do jejum e batismo iniciou a vida pública na condição de Messias, assumindo o nome Jesus.

Brasília, 2 de abril de 2015.

Quem divulgar esta mensagem será agraciado com bênçãos do céu.

anuncio inri tv menor

DOAÇÕES À SOUST

Veja como participar da
missão de INRI CRISTO

Para refletir...

Font Size Larger Font Smaller Font

"Para alcançar o ápice da elevação mística, o êxtase na senda da simbiose com o ALTÍSSIMO, é mister sobrepujar as fantasias, ilusões e emoções concernentes à escravidão da carne."

INRI CRISTO

Newsletter da SOUST

Digite seu e-mail:


RSS Feed Image Inri Cristo via RSS

Depoimentos

As palavras de INRI CRISTO refletem o mais elevado estado de lucidez, coerência, realismo. Que as mensagens de INRI neste site possam tocar os corações e iluminar as consciências. Num mundo conturbado pela violência, incompreensão, preconceitos, antagonismos... é necessário abrir as portas da espiritualidade para desfrutarmos momentos de alegria e paz interior, que nos fortalecem e nos tornam mais humanos.

Adeí Schmidt
Discípula de INRI CRISTO, Brasilia
Sep 16, 2011

Visitantes online

Nós temos 78 visitantes online

Redes sociais:

  • Facebook Page: 139052659514125
  • Flickr: inricristo
  • Twitter: _INRICRISTO
  • Vimeo: 27506247
  • YouTube: INRICRISTOnaWeb

banner app inricristonaweb

SOUST - Uma escola mística e filosófica

A SOUST é uma Escola Mística e Filosófica onde o Mentor Regente INRI CRISTO ensina os seres humanos a viver harmoniosamente em simbiose com DEUS, coerente com o que disse há dois mil anos e suas palavras valem para sempre: "Buscai, pois, o Reino de DEUS e sua justiça, e todas as outras coisas vos serão dadas por acréscimo" (Mateus c.6 v.33).

Leia mais

 

Como participar da missão de INRI CRISTO?