Font Size Larger Font Smaller Font

Jornal de Batatais - Dados pessoais: nome de batismo, quando e onde nasceu, filiação. É casado? Têm filhos? Têm animais de estimação?
INRI CRISTO: “O meu nome é INRI CRISTO, oficialmente reconhecido pelas autoridades terrestres em todos os meus documentos. Eu reencarnei numa pequenina aldeia no interior do estado de Santa Catarina chamada Indaial, em 22/03/1948. Meu PAI é meu SENHOR e DEUS e minha mãe é a Terra. Uma parteira, chamada dona Bema, entregou-me a um casal de alemães, Magdalena e Wilhelm Thais. Ambos, ignorando minha origem, criaram-me como se fosse seu próprio filho. Quanto a ser casado, primeiro que se casamento fosse bom não necessitaria de testemunha. E como eu vivo unicamente para cumprir a vontade de meu PAI, que me reenviou a este mundo, não tenho qualquer vínculo matrimonial. Tenho muitos filhos, os que têm olhos para ver e ouvidos para ouvir-me e reconhecer que sou o Pai da humanidade; e mesmo aos que não têm consciência de minha identidade eu os olho como meus filhos, pois afinal, na luz de meu PAI, SENHOR e DEUS, que é em mim, continuo amando todas as criaturas que se movem sobre a Terra. Não tenho animais de estimação pois desde que meu PAI revelou minha identidade, o meu coração bate de amor por todos os animais sem distinção. Para mim é sempre muito triste ver as desgraças que os seres humanos estão provocando na ecologia, o que acarretará em destruição para a própria humanidade”.

Jornal de Batatais - Desde quando, onde e como se descobriu "Cristo"? O que significa "Inri"?
INRI CRISTO: “INRI significa Iesus Nazarenus Rex Iudaeorum (Jesus Nazareno Rei dos Judeus), é o nome que Pilatos escreveu acima de minha cabeça quando eu agonizava na cruz, quando cuspiam em meu rosto, quando me humilhavam, quando se cumpriam as Escrituras. INRI é o nome que custou o preço do sangue. É o meu novo nome (“Ao que vencer... escreverei sobre ele o nome de meu DEUS... e também o meu novo nome” – Apocalipse c.3 v.12). Eu não me “descobri Cristo”, tive a revelação de meu PAI. Desde a infância obedeço a uma única e poderosa voz que fala no interior de minha cabeça, mas até o jejum eu desconhecia de quem era, eu não tinha consciência de minha identidade. Resumidamente, em setembro de 1979, obediente a esta voz, fui jejuar em Santiago do Chile, e nesta ocasião a voz se revelou como sendo a de meu PAI, SENHOR e DEUS, o DEUS de Abraão, de Isaac e de Jacob, revelou outrossim que sou o mesmo Cristo crucificado há dois mil anos e as anteriores encarnações, porque em verdade eu sou o Primogênito de DEUS, Adão, Pai da humanidade, que reencarnei como Noé, Abraão, Moisés, David, etc. depois como Jesus e agora como INRI”.

Jornal de Batatais - Antes da "descoberta" o que fazia, qual era a sua profissão e qual é a sua formação escolar?
INRI CRISTO: “Freqüentei três anos a escola primária, o suficiente para que fosse alfabetizado. Sou teodidata, ou seja, recebo instrução superior diretamente de meu PAI, SENHOR e DEUS. Vou às universidades, quando convidado, a fim de ensinar aos jovens aquilo que não é facultado às escolas terrestres ensinar. Vim a este mundo para ensinar a lei divina aos homens, ensinar-lhes a viver em paz e harmonia, a pisar firme na realidade, reconciliando-os na união com o ALTÍSSIMO. Há quem diga que não tenho educação, mas na verdade não tenho a educação dada pelos homens e sim a que meu PAI me concedeu, como já disse quando me chamava Jesus: “Nada faço de mim mesmo, mas como o PAI me ensinou” (João c.8 v.28). Ainda menino, tive que sair da escola para ajudar a mulher que me criara. Ela lavava roupa para diferentes famílias a fim de pagar o aluguel e prover o sustento doméstico. Como ela lavava muita roupa e a água do poço da residência era insuficiente, havia necessidade de buscá-la na vizinhança, e assim eu a ajudava no transporte da água. Aos treze anos, um dia quando estava só, recebi ordem de sair de casa, porque desde criança obedeço a uma voz imperiosa que fala no interior de minha cabeça, mas até o jejum não sabia de quem era. Minhas vestes, recém lavadas, estavam molhadas, mesmo assim peguei-as, coloquei-as num saco plástico e segui em direção ao destino que meu PAI me reservara. Passei a peregrinar sobre a Terra e a vivenciar a realidade das esquinas sociais. Em 1969, aos 21 anos, obediente à mesma voz, comecei minha vida pública na condição de profeta, pois meu PAI me concedera o dom da vidência. Eu era profeta de um DEUS desconhecido. Assim meu PAI facultou-me conhecer de perto os endurecidos corações dos homens, suas fraquezas e misérias, as enfermidades disfarçadas em tecidos caros, a hipocrisia e a corrupção da sociedade a fim de obter autoridade para cumprir minha missão. Assim vivi até 1979, quando recebi ordem de jejuar em Santiago do Chile”.

Jornal de Batatais - O que mudou na sua vida e na vida de sua família, depois que passou a viver como Cristo?
INRI CRISTO: “Quando meu PAI deu-me consciência de minha identidade, ele revelou que isto não seria motivo de júbilo, pois estaria à mercê da incompreensão, do descaso, da reprovação de meus contemporâneos, conforme eu mesmo enunciei em relação ao meu retorno (“Mas primeiro é necessário que o Filho do Homem sofra muito e seja rejeitado por esta geração. Assim como foi nos tempos de Noé, assim sucederá também quando vier o Filho do Homem” – Evangelho de Lucas c.17 v.25 a 35). Eu não sou o Cristo folclórico e comercial das religiões e sim o Cristo vivo, de carne e osso, o mesmo que chicoteou os vendilhões do templo em Jerusalém e que os qualificou de geração de víboras. Os integrantes de minha família são todos aqueles a quem o ALTÍSSIMO concede o dom de ver quem sou, a estes reconheço como meus filhos; o que mudou para eles depois que tive a revelação de minha identidade é que não necessitam mais rogar ao PAI Celeste “venha a nós o vosso reino”, conscientes de que Ele lhes atendeu às súplicas, pois é em mim que começa o Reino de DEUS”.

Jornal de Batatais - Por que acha que foi o "escolhido" e quem o "escolheu"?
INRI CRISTO: “Não é uma questão de “achar que fui escolhido”, é uma questão de ser ou não ser, e eu sou o mesmo Cristo que voltei como havia prometido, gostem ou não, creiam ou não os habitantes da Terra. Para mim seria muito mais fácil e confortável se pudesse escolher meu destino, mas eu não tenho livre-arbítrio, vivo unicamente para executar a vontade de meu PAI, no cumprimento de minha missão”.

Jornal de Batatais - Como é o seu dia-a-dia? Por favor, agende-o.
INRI CRISTO: “Eu sou educador, vim ao mundo para ensinar meus filhos a viver, como viver bem na Terra. E a melhor forma de educar é dar o exemplo. Então, diariamente pratico exercícios, isso para mim é fundamental, é um dever sagrado, pois o corpo é a dádiva mais preciosa concedida pelo PAI Celeste e requer que cuidemos dele; faço leitura e procedo a uma criteriosa triagem de tudo o que chega às minhas mãos, e isso transmito aos meus discípulos; assisto ao noticiário, pois minha condição requer que eu esteja informado sobre os acontecimentos mundiais e tenha uma visão universal da realidade contemporânea, ensino os que vêm à minha presença a viver com saúde, a se alimentar corretamente conforme a instrução que recebi de meu PAI, ensino-lhes a se desvencilhar dos sentimentos mesquinhos que limitam os seres humanos a uma existência medíocre, ensino-lhes o que é o verdadeiro amor, como amar de verdade e transmitir o amor aos seus semelhantes, enfim, eu vim para despertar a vida que adormece dentro de cada um de vós, esse é o meu dia-a-dia, essa é minha missão na Terra, é uma das principais razões pelas quais meu PAI me reenviou a este mundo”.

Jornal de Batatais - Como sobrevive financeiramente? Qual é o seu trabalho?
INRI CRISTO: “O Reino de DEUS viceja sob os auspícios da graça divina, os seres humanos de coração puro contribuem com a causa divina, dando com a mão direita sem que a esquerda saiba quanto (Mateus c.6 v.3). Mas na SOUST não existe chantagem de dízimo, não existe comércio de sacramentos, todos os que vêm à minha presença em busca de bênçãos, de solução para seus problemas, recebem-nas gratuitamente., pois continuo coerente com o que disse há dois mil anos: “Dai de graça o que de graça recebestes” (Mateus c.10 v.8). Só participam da minha luta os que têm consciência de minha identidade e que sentem vontade de estabelecer um vínculo com a causa divina, com o Reino de DEUS, oficializado pela SOUST. O MÉPIC (Movimento Eclético Pró INRI CRISTO) é uma organização de livres pensadores que têm por objetivo respaldar minha missão e divulgar os ensinamentos que transmito da parte de meu PAI; por ser eclético, qualquer pessoa em qualquer parte do mundo pode se integrar a este movimento desde que sinta vontade de se tornar um benemérito provedor do Reino de DEUS”.

Jornal de Batatais - Como se vestia antes? Veste-se agora, assim -de manto e de coroa- o dia todo, a qualquer lugar que vá?
INRI CRISTO: “Desde que jejuei em Santiago do Chile, visto-me de túnica e manto, não tenho outra vestimenta; visitei vinte e sete países sozinho vestido assim, mesmo tendo que enfrentar o olhar de deboche e desdém de meus contemporâneos que não assimilavam minha condição. Antes de jejuar e de ter consciência de minha identidade, vivia como homem no mundo, vestia-me como os homens se vestem, mas desde o jejum visto-me assim; meu PAI me concedeu poder sobre a carne e desde então já não vivo como homem no mundo, já não tenho as inquietudes carnais que são inerentes aos homens, olho para todos vós, homens e mulheres, como meus filhos e filhas, com amor paternal”.

Jornal de Batatais - Freqüenta missas? Faz orações? Prega publicamente a palavra de Deus? Onde e como?
INRI CRISTO: “A maioria dos rituais de minha antiga igreja (a católica romana, que me traiu e se transformou na meretriz do Apocalipse c.17), incluindo as missas, são advindos do antigo paganismo romano, não vieram de mim; eles foram introduzidos no seio do Cristianismo como forma de atrair os pagãos e aumentar o poder político do Estado romano, já nos primórdios da era cristã. Há dois mil anos não mandei ninguém ir à igreja, ao contrário, ensinei a orar em oculto, no quarto, com a porta fechada (Mateus c.6 v.6). O termo “pregar a palavra de DEUS” tornou-se vulgarizada na boca dos que já se consideram salvos, dos que já estão satisfeitos com suas religiões e com suas crenças. Eu não prego a palavra, eu ensino a lei de DEUS em qualquer lugar, tanto no interior de um templo, num programa de televisão ou até mesmo em baixo de uma árvore. Muitas vezes os estudantes universitários me convidam para proferir palestras, eles patrocinam o combustível do veículo (motor-home) no qual me desloco para diferentes partes do Brasil e eu lhes transmito a mensagem de meu PAI gratuitamente, esclareço suas dúvidas, enfim, é sempre um encontro amoroso”.

Jornal de Batatais - Existe pecado? Cite três. Existem extra-terrestres? Acredita no bem e no mal, anjos e demônios? Já foi chamado para exorcisar?
INRI CRISTO: “Tudo que fizeres que faz mal a ti ou a outrem é pecado. Tudo que fizeres que não faz mal a ti nem aos outros não é pecado. Fumar é pecado porque prejudicas a ti, à tua saúde e aos que te circundam. Odiar é pecado porque emites vibrações negativas que fazem mal a ti e a quem tu odeias, e o teu corpo desencadeia a produção de substâncias nocivas que afetam todo o teu organismo. Invejar é pecado porque arremessas a parte mais preciosa de tuas energias em direção àquele de quem invejas e assim impedes que a bênção da Divina Providência caia sobre ti, tornando-te fraco, desgraçado e infeliz. Quanto à existência de extra-terrestres, não vos posso afirmar pois até agora não vi nenhum deles; ao contrário, constatei que existe muita fantasia relacionada a esse assunto, mas cada qual tem o direito de acreditar no que lhe aprouver. Já em se tratando do bem e do mal, eu vos digo em verdade que DEUS criou o bem e o mal, porque o bem não existiria se o mal não existisse nem o mal existiria se o bem não existisse; tudo no contexto da criação tem um significado, uma razão de existir. Reitero uma vez mais: assim como é necessário existir os pólos positivo e negativo a fim de gerar a energia elétrica, assim também na natureza tudo tem o seu lado positivo e negativo. O negativo só se torna mau quando o homem não faz bom uso do livre-arbítrio que DEUS lhe concedeu. Os anjos são espíritos de luz e se manifestam nos seres humanos, na maioria das vezes de uma forma muito sutil que nem todos podem perceber. Quanto mais alguém caminha na senda do bem-viver rumo à divindade, mais os anjos de luz se aproximam. Já o demônio, ao contrário do que muitos pensam por lhes haver sido equivocadamente ensinado, não é um macaco com rabo e chifres e sim o espírito das trevas que serve para a purgação e evolução dos homens. Quando alguém estupra, mata, rouba, mente, descontrola-se, e depois diz: “Eu estava fora de mim”, quem estava no seu corpo naquele momento? O agente do mal, espírito maligno que a usou para realizar seus malévolos propósitos, e é claro que já houve situações em que expulsei o espírito das trevas do corpo de um ser humano”.

Jornal de Batatais - Se é que veio para salvar a humanidade, o que pretende fazer, por onde começar?
INRI CRISTO: “Minha missão é julgar a humanidade, separar as ovelhas das cabras, o joio do trigo. Eu começo por plantar as minhas sementes, por falar aos ouvidos ávidos por me ouvir, por sustentar minha identidade, por me manifestar publicamente, propiciando ao meu povo, na medida do possível e que me permitem, saber que já estou de carne e osso na Terra”.

Jornal de Batatais - A política está cada vez mais "maldosa". Como candidato político, o que faria para transformá-la num "bem" necessário?
INRI CRISTO: “A política é a arte de conciliar os próprios interesses aos interesses dos outros. A questão não é transformar a política num “bem” necessário, pois onde houver sociedade humana haverá política. A questão aqui é transformar os políticos, porque na verdade a política não é maldosa, maldosos são os que não têm escrúpulos em se beneficiar da política, maldosos são os que perderam a noção dos verdadeiros valores da vida em sociedade, maldosos são os que roubam, mentem, trapaceiam, utilizando-se da política. Eu jamais serei candidato político pois já vim com um mandato divino, o que eu posso fazer é falar, ensinar aos que têm vocação para a política a vantagem de fazer o bem, a vantagem de viver honestamente, isso é o que eu posso fazer e faço quanto tenho a oportunidade”.

Jornal de Batatais - Teria coragem de se candidatar, oficialmente, na política? Por qual partido político? E por quê?
INRI CRISTO: “Como já disse anteriormente, não me candidatarei a nada pois já vim com um mandato divino. E só poderei me manifestar abertamente e apresentar soluções para a política quando o povo brasileiro decidir através de um plebiscito que devo falar sem interrupções para essa finalidade. Nenhum líder, em toda a história da humanidade, pôde ajudar o seu povo sem que pudesse falar. E eu vim ao mundo principalmente para falar as coisas certas no momento certo”.

Jornal de Batatais - Acredita que a política é um meio para se conseguir as coisas? Acha que existe político honesto?
INRI CRISTO: “A maioria dos que se candidatam na política o fazem por interesses pessoais, por terem a certeza de que se beneficiarão da política ao invés de beneficiar através da política. Existem sim políticos honestos, mas na situação atual os que ousam ser honestos ou são eliminados de cena ou são asfixiados pelos interesses predominantes. Ser honesto nos dias de hoje é sinônimo de ingenuidade, burrice e desonra. Raros os que conseguem se escapar incólumes das garras do sistema e preservar a integridade”.

Jornal de Batatais - Já tentou se filiar à algum partido político? Foi aceito ou foi barrado?
INRI CRISTO: “Muitos até já me deram essa sugestão, e eu sei que seria muito bem sucedido se adentrasse na política, mas minha condição não me permite. Como já disse, quando o povo decidir através de um plebiscito que eu devo me manifestar sem interrupções, então poderei expor a solução para a política e para muitas outras questões que afligem o povo brasileiro e a humanidade”.

Jornal de Batatais - Se Deus é onipotente, onipresente e oniciente, você como filho, também seria? Então sábio das coisas, por que não resolvê-las de vez?
INRI CRISTO: “DEUS, meu PAI, é onipresente, onisciente e onipotente, eu sou o Filho dele, sou o servo dEle, o executor de sua santa vontade. Eu sei o que Ele me revela, porque na verdade nada sou e nada sei, unicamente Ele sabe tudo, Ele é o SENHOR da sabedoria. Eu apresento as soluções de acordo com a inspiração que recebo de meu PAI, de acordo com o que vislumbrei no comportamento dos seres humanos em minha longa caminhada sobre a Terra. Só o SENHOR é sábio e digo mais uma vez, só poderei apresentar uma solução para as coisas quando o povo se mostrar favorável a minha livre manifestação para essa finalidade através de um plebiscito”.

Jornal de Batatais - Como religioso, "filho de Deus" -que diz ser- qual, enfim, é a sua missão na terra?
INRI CRISTO: “Minha principal missão na Terra é reconduzir os seres humanos, os meus filhos, ao caminho da lei de DEUS”.

Jornal de Batatais - Como político, -que é cotado para ser- qual seria sua real tarefa?
INRI CRISTO: “Não sou e jamais serei candidato político, mas quando o povo brasileiro decidir através de um plebiscito que quer me ouvir, então poderei apresentar as tarefas a serem executadas a fim de melhorar o quadro sócio-político deste país e conseqüentemente do mundo”.

Jornal de Batatais - Qual é o seu candidato atual à Presidência da República do Brasil? Por quê?
INRI CRISTO: “Por motivos óbvios não posso me manifestar quanto a essa questão”.

Jornal de Batatais - Sendo a imprensa considerada o "4º poder" e, tendo você se exposto na midia, pregando e "provando" ser "Inri Cristo", porque ainda há dúvidas?
INRI CRISTO: “Eu mesmo predisse há dois mil anos que, por ocasião do meu retorno, antes do dia de glória do SENHOR eu seria rejeitado por meus contemporâneos (“...Mas primeiro é necessário que o Filho do Homem sofra muito e seja rejeitado por esta geração. Assim como foi nos tempos de Noé, assim sucederá também quando vier o Filho do Homem” – Lucas c.17 v.25 a 35). Ainda bebo, de gole em gole, a última porção do cálice amargo da reprovação. Não obstante, sinalizando o fim do período da reprovação, no dia 24 de outubro do ano 2000 o Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Paraná expediu um venerando acórdão reconhecendo minha identidade, meu nome INRI CRISTO em todos os meus documentos. Embora a mídia muitas vezes mais desinforme do que informe as pessoas, para muitos não há dúvida alguma quanto a eu ser quem digo que sou; só restam dúvidas para aqueles que continuam acreditando neste Cristo folclórico que inventaram durante minha ausência da Terra, neste Cristo que está até hoje congelado no céu, que nunca virá porque não existe. Só restam dúvidas para os que preferem continuar com suas velhas crenças, com suas velhas superstições, com seus velhos hábitos. Eu estou aqui pelos que amam e buscam a verdade a qualquer preço, pelos que preferem andar com os pés no chão, pelos que esperam o resplandecer da justiça divina sobre a Terra”.

anuncio inri tv menor

DOAÇÕES À SOUST

Veja como participar da
missão de INRI CRISTO

Newsletter da SOUST

Digite seu e-mail:


RSS Feed Image Inri Cristo via RSS

Depoimentos

As palavras de INRI CRISTO refletem o mais elevado estado de lucidez, coerência, realismo. Que as mensagens de INRI neste site possam tocar os corações e iluminar as consciências. Num mundo conturbado pela violência, incompreensão, preconceitos, antagonismos... é necessário abrir as portas da espiritualidade para desfrutarmos momentos de alegria e paz interior, que nos fortalecem e nos tornam mais humanos.

Adeí Schmidt
Discípula de INRI CRISTO, Brasilia
Sep 16, 2011

Visitantes online

Nós temos 44 visitantes online

Redes sociais:

  • Facebook Page: 139052659514125
  • Flickr: inricristo
  • Twitter: _INRICRISTO
  • Vimeo: 27506247
  • YouTube: INRICRISTOnaWeb

banner app inricristonaweb

SOUST - Uma escola mística e filosófica

A SOUST é uma Escola Mística e Filosófica onde o Mentor Regente INRI CRISTO ensina os seres humanos a viver harmoniosamente em simbiose com DEUS, coerente com o que disse há dois mil anos e suas palavras valem para sempre: "Buscai, pois, o Reino de DEUS e sua justiça, e todas as outras coisas vos serão dadas por acréscimo" (Mateus c.6 v.33).

Leia mais

 

Como participar da missão de INRI CRISTO?