Font Size Larger Font Smaller Font

Confira na íntegra a entrevista de INRI CRISTO ao blog Causas Perdidas, publicada em 03/12/2013 por Gabriel Barbosa Rossi:

inri-causas-perdidas

Durante a visita do Papa Francisco ao Brasil, trouxemos aqui no Causas uma discussão bastante pertinente sobre duas figuras: O papa e um certo senhor que deu uma polêmica entrevista sobre a tal visita… esse senhor se auto-intitula “INRI CRISTO”.

Leia Mais: Inri Cristo – A sensatez de um louco; reflexões sobre a vinda do Papa

INRI é tido como um figurão, desacreditado, louco e acusado inclusive de charlatanismo. Dizem que fundou sua “seita” com o intuito de angariar dinheiro, sem contar o lado da mídia que praticamente legitima o pensamento que INRI não é bem lucido de suas ideias. Isso é exatamente o que comentamos no texto anterior sobre as opiniões de INRI em entrevista ao site UOL. INRI não tem um aparelho que o legitime, como é o caso da ICAR. INRI e somente INRI diz que é o filho de Deus renascido e por isso suas palavras, por aqui, são recebidas de maneira negativa, mesmo que ele se expresse em opinião, como todos nós fazemos e temos direito. É o que Foucault diz sobre o discurso do louco: “ele não tem validade, logo não é agente de poder”.

Como as opiniões de INRI eram bastante cabíveis ao cenário religioso brasileiro, e a lucidez dessas opiniões se mostrava extremamente inteligente, tive a ideia de fazer nossa própria entrevista com ele. Do mesmo modo que o Pastor/Deputado Marco Feliciano pode soltar sua enxurrada de opinião, deixemos que INRI faça o mesmo. Tenho de admitir, virei fã.

Sem mais delongas, segue a entrevista exclusiva que INRI concedeu ao Causas Perdidas:

Causas Perdidas: INRI, durante a vinda do Papa ao Brasil, você deu uma polêmica entrevista que veiculamos aqui no site. Nessa entrevista você dizia que o papa era um turista Argentino em terras Brasileiras. A questão é: O Brasil como um estado laico, deve subsidiar a visita do papa? Mesmo ele sendo chefe de estado do Vaticano? Ou você vê o papa apenas como um líder Religioso?

INRI CRISTO: “É óbvio que o Brasil não tem que gastar recursos do erário público para patrocinar a vinda de quem quer que seja, uma vez que esses recursos devem ser aplicados nas funções sociais inerentes ao país. Na época, assisti estupefato aos noticiários anunciando providências quanto a automóveis, aviões… e o povo hipnotizado assistiu a tudo isso. Um exemplo: quando o Dalai Lama esteve no Brasil, as pessoas que patrocinaram sua vinda foram seus seguidores, algo mais do que normal… Na minha visão racional, quem quiser fazer turismo no Brasil, que seja muito bem-vindo, não importa qual a filosofia, o princípio religioso; todavia, que seja patrocinado por seus adeptos, ou então venha por conta própria. Estamos num país laico, logo, o Brasil não pode patrocinar a vinda de nenhum líder religioso sem estar atropelando o princípio da laicidade.”

Causas Perdidas: Qual a sua real opinião sobre Igreja Católica perder fiéis para as Igrejas evangélicas, mesmo o Brasil sendo um dos países com mais católicos no mundo?

INRI CRISTO: “Para ser sincero, gostaria de nada declarar sobre os mercantilistas da fé, até porque não sou religioso, sou educador, filósofo, ensino a filosofia da liberdade consciencial. Mas já que é necessário opinar, constato que os lobos travestidos em pele de ovelha não conseguem mais esconder o focinho de lobo, a malícia no olhar, a voracidade com a qual sugam as parcas economias do povo… Logo, o povo acostumado a viver à mercê de um jugo perambula de jugo em jugo, entre os donos do cabresto, permanecendo no estado de evanjegue. E assim, os incautos açambarcados como ovelhas servem para nutrir a insaciável ganância da matilha. Por outro lado, esses lobos me prestam um grande favor, pois, na verdade, são ratos que gradativamente estão roendo o casco podre do meu antigo barco, que é a proscrita igreja mercantil romana, meretriz do Apocalipse c.17”.

(Ver Parábola do Barco Náufrago).

Causas Perdidas: Ainda entrando no mérito dessa disputa Igreja Católica x Evangélica. Como você vê a influência de ambas sobre seus fiéis? Você acha alguns métodos e dogmas pregados tanto por pastores ou padres, “saudáveis” ainda no século XXI? Qual a função social da Bíblia, nesse sentido?

INRI CRISTO: “A princípio é mister esclarecer que nenhum dogma é saudável. Os dogmas são os cadeados do raciocínio, utilizados para a manipulação das massas. A Bíblia é um livro de letras mortas, repleta de fábulas, lendas, parábolas, metáforas, e só com a anuência do ALTÍSSIMO é possível decifrar o mistério das Sagradas Escrituras… não tem nada a ver com essas falcatruas apregoadas pelas religiões. Há dois mil anos ensinei a orar em casa, no quarto com a porta fechada (“Tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, ora ao teu PAI Celeste. Em segredo Ele vê o que se passa e te abençoa” – Mateus c.6 v.6). O que passa disso é estratégia de controle mental, levando à massificação nos templos ditos religiosos.”

Causas Perdidas: INRI, todos sabemos sobre a polêmica bancada evangélica e a comissão de direitos humanos e minorias, presidida por Marco Feliciano. Você concorda com algumas decisões do Pastor Marco Feliciano? Exemplo da “cura gay”.

INRI CRISTO: “Não posso concordar com nenhum conceito emitido por um lobo disfarçado em pele de ovelha. O indivíduo a que tu te referes, que conseguiu fraudulentamente um mandato popular, só está no Congresso porque o povo foi enganado. Quanto à “cura gay”, isso é uma falácia! Se fosse assim, também haveria de se perguntar: e quanto à cura dos heterossexuais, dos necrófagos, dos evanjegues que se comprazem em servir de jumento, vivendo encabrestados pelos lobos em pele de ovelha? Homossexualidade não é doença, é uma opção de vida. Cada um deve ser o responsável pelo seu corpo e saber de que forma servir-se dele ao deixar aflorar seus instintos, desde que o faça entre quatro paredes. Não sou contra a opção sexual de quem quer que seja, até porque desde o jejum em 1979 não pratico sexo; nessa ocasião o SENHOR me deu poder sobre a carne e desde então já não vivo como homem no mundo. Sou regente de almas, não de carne. Apenas sou contra que se faça apologia de opção sexual, seja ela qual for. Esses novos slogans farisaicos têm sido utilizados para chamar a atenção da mídia, uma vez que os lobos se agitam a fim de disputar as ovelhas, e obviamente, engordar suas contas bancárias.”

(Ver Parábola do Veículo Particular).

Causas Perdidas: Você é a favor do casamento gay? E do aborto?

INRI CRISTO: “Primeiro que não sou a favor do casamento; sou a favor do amor. Casamento é uma instituição falida, ridicularizada, e se fosse bom, salutar, não precisaria de testemunha, pois os que se amam verdadeiramente jamais se separam… Gozam, na simbiose com o ALTÍSSIMO, uma comunhão de almas. Não carecem respaldo de leis, tapete vermelho, fogos de artifício, essas fantasias todas que só servem para maquiar a ausência de amor. O próprio termo “casamento” pressupõe a existência de um casal, ou seja, acasalamento, macho e fêmea, a fim de gerar prole. Quanto ao casamento gay, se pudesse definir um termo para expressar a junção de duas pessoas afins do mesmo sexo sob a égide das leis terrestres, no meu conceito deveria ser UNIÃO CONSENSUAL DE DIREITO RECÍPROCO. Já em relação ao aborto, não sou a favor do aborto, antes sou a favor da vida com dignidade. Enquanto o feto não é autossuficiente, não sobrevive independente da gestante, não representa uma vida, posto que o espírito só é acoplado ao corpo físico quando o nascituro aspira o primeiro hausto de ar vivificante. Portanto, sou a favor que as mulheres tenham o inalienável e sagrado direito de decidir se levarão adiante uma gestação. E eu não vejo dignidade em colocar no mundo uma criança sem ter condições de alimentá-la, de educa-la, deixando-a à mercê das desgraças, da miséria, da fome. Nos dias atuais, a legalização do aborto é uma questão de saúde pública. Milhares de mulheres morrem todos os anos por praticar aborto clandestinamente, servindo-se de métodos rudimentares, incluindo até agulha de tricô, por não ter condições de usufruir as benesses de uma clínica oficial. O dia em que os homens ficarem grávidos poderão decidir as questões que são inerentes unicamente à mulher.”

Causas Perdidas: Sobre essa bancada evangélica decidir e colocar tantos projetos em pauta na câmara. Você acredita que isso atrapalhe a cidadania e o estado Brasileiro?

INRI CRISTO: “Sim, atrapalha, babuja, põe uma sombra nefasta sobre o significado etimológico do termo laico. Como o Congresso Brasileiro pode manter-se laico e ao mesmo tempo submeter-se a projetos (muitas vezes ilícitos) oriundos de religiões?”

Causas Perdidas: Você, sendo INRI Cristo, acredita que a história de Jesus Cristo foi subvertida na Bíblia como forma de controle social para a época?

INRI CRISTO: “Enquanto a única igreja que deixei há dois mil anos – quando disse no singular: ‘Pedro, tu és Pedro e sobre esta Pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela’ (Mateus c.16 v.18) – permaneceu fiel a meus ensinamentos, à minha doutrina, ela podia ser considerada minha igreja, no princípio conhecida como Seita do Nazareno. Todavia, desde que passou a incorporar crenças e rituais pagãos ao conjunto de sua doutrina, além de servir como instrumento de dominação política, ela deixou de ser minha igreja para tornar-se igreja católica apostólica romana. Católica, que, outrossim, significa universal, porque a pretensão do Império Romano era estender seus domínios sobre toda a Terra. Apostólica porque foi organizada não pelos meus apóstolos, e sim pelos apóstolos de Paulo, de Constantino, de Justiniano e de tantos outros que deturparam, vilipendiaram meu Evangelho. Romana porque passou a servir aos mórbidos interesses de Roma, não mais à causa divina; deu a César o que é de DEUS, olvidando-se que eu disse quando me chamava Jesus: ‘Dai a César o que é de César e a DEUS o que é de DEUS’ (Mateus c.22 v.21). Enquanto o déspota Constantino aspirava à monarquia absoluta, forma de governo que se beneficiaria do apoio religioso, percebeu no Cristianismo um instrumento eficaz de pacificação, unificação e dominação do Estado romano. Ele próprio converteu-se formalmente ao Cristianismo, não como um ato de fé religiosa, mas como um golpe de habilidade política. No ano 313, promulgou o Edito de Milão, que determinou o fim das perseguições aos cristãos e concedeu-lhes liberdade de culto. Depois dele outros vieram e manipularam as peças do jogo conforme lhes aprouvesse. Foi assim que, enquanto o Cristianismo ‘convertia’ o mundo, o mundo pagão convertia o Cristianismo. Agora que muitos já até desacreditam que um dia eu realmente existi, para espanto da maioria, voltei como havia prometido através da natural, eterna e divina lei da reencarnação. E porque as portas do inferno prevaleceram contra a igreja que deixei, meu PAI ordenou que instituísse a SOUST, nova ordem mística que se constitui na formalização do Reino de DEUS sobre a Terra, na formação de um só rebanho e um só pastor (João c.10 v.16)”.

Causas Perdidas: Você acha que a Bíblia deve ainda ser levada “ao pé da letra”? Quais suas interpretações sobre algumas passagens polêmicas?

INRI CRISTO: “Reitero uma vez mais: a Bíblia é um livro de letras mortas, repleta de fábulas, lendas, parábolas e principalmente metáforas, e só meu PAI, SENHOR e DEUS pode dar vida a essas letras. A Bíblia é sagrada sim, pois carrega em seu bojo uma enorme gama de fragmentos da lei divina. Todavia, se alguém quiser compreendê-la, só o PAI Eterno pode inspirar os que pedem humildemente, facultando-lhes conhecer os insondáveis mistérios da lei divina, dando a saber por meios cabalísticos o significado real da Bíblia”.

(Ver Bíblia – um livro de letras mortas).

Causas Perdidas: Quem entra mais fácil no céu: Um ateu ou um padre/pastor?

INRI CRISTO: “Na verdade, o ateu está mais próximo de assimilar a lei de meu PAI, uma vez que, por não crer no deusinho que os homens fizeram, não está comprometido com o mercantilismo religioso. O ateu está aguardando um sinal quanto à existência de DEUS. No caso dos lobos em pele de ovelha, são cegos condutores de cegos (Lucas c.6 v.39). O lobo não quer abrir os olhos nem pode fazê-lo, pois perderia sua fonte de renda: vive de enganar o povo em nome de DEUS. Antes do impostor, as ovelhas enganadas ainda podem abrir os olhos e assimilar que religião é, senão um equívoco, um embuste. Meu PAI, SENHOR e DEUS, único Ser incriado, único eterno, único Ser digno de adoração e veneração, onipresente, onisciente, onipotente, único SENHOR do Universo, está vivo em cada célula de vosso corpo, em cada partícula de vosso sangue. Logo, inexiste a necessidade de alguém religar-vos ao ALTÍSSIMO, uma vez que Ele está permanentemente vivo dentro de cada um de vós, inclusive no inconsciente foro íntimo dos ateus.”

Quem divulgar esta entrevista será agraciado com bênçãos do céu.

anuncio inri tv menor

DOAÇÕES À SOUST

Veja como participar da
missão de INRI CRISTO

Newsletter da SOUST

Digite seu e-mail:


RSS Feed Image Inri Cristo via RSS

Depoimentos

As palavras de INRI CRISTO refletem o mais elevado estado de lucidez, coerência, realismo. Que as mensagens de INRI neste site possam tocar os corações e iluminar as consciências. Num mundo conturbado pela violência, incompreensão, preconceitos, antagonismos... é necessário abrir as portas da espiritualidade para desfrutarmos momentos de alegria e paz interior, que nos fortalecem e nos tornam mais humanos.

Adeí Schmidt
Discípula de INRI CRISTO, Brasilia
Sep 16, 2011

Visitantes online

Nós temos 87 visitantes online

Redes sociais:

  • Facebook Page: 139052659514125
  • Flickr: inricristo
  • Twitter: _INRICRISTO
  • Vimeo: 27506247
  • YouTube: INRICRISTOnaWeb

banner app inricristonaweb

SOUST - Uma escola mística e filosófica

A SOUST é uma Escola Mística e Filosófica onde o Mentor Regente INRI CRISTO ensina os seres humanos a viver harmoniosamente em simbiose com DEUS, coerente com o que disse há dois mil anos e suas palavras valem para sempre: "Buscai, pois, o Reino de DEUS e sua justiça, e todas as outras coisas vos serão dadas por acréscimo" (Mateus c.6 v.33).

Leia mais

 

Como participar da missão de INRI CRISTO?