Font Size Larger Font Smaller Font

Ex-goleiro, Inri Cristo diz que Júlio César é o ‘imperador da trave’

Homem que se proclama reencarnação de Jesus mora em chácara no DF.
Líder faz crítica à Copa do Mundo, mas diz gostar de ver o Brasil em campo.

Por Raquel Morais

Confira a matéria no G1 DF

Inri Cristo segura um globo terrestre enquanto uma discípula, com luvas de goleiro, ergue uma bola de futebol (Foto: Alysluz Varella/Soust)Inri Cristo segura um globo terrestre enquanto a discípula,
com luvas de goleiro, ergue uma bola de futebol
(Foto: Alysluz Varella/Soust)

Orgulhoso de seu desempenho como goleiro na época de escola, quando ficava na defesa por “achar absurdo correr atrás da bola”, Inri Cristo afirmou ao G1 apreciar como a Copa do Mundo pode promover a interação entre os países e negou torcer por uma seleção específica – apesar de gostar de ver o time comandado por Felipão em campo. O homem se proclama a reencarnação de Jesus Cristo e mora com os seguidores em um núcleo rural doGama, no Distrito Federal.

“Reconheço o esforço titânico dos jogadores brasileiros e do técnico a fim de manter o equilíbrio, a postura e a dignidade”, declarou. “A competência, o esforço do goleiro brasileiro é indiscutível. No momento, não vejo ninguém [melhor do que ele para a função]. Um que poderia se equiparar está na prisão mineira [Bruno, ex-Flamengo]. Como disse anteriormente, o Júlio César é o imperador da trave.”

O líder religioso também não esconde que se preocupa em analisar os oponentes do Brasil na véspera das partidas. Ao lado de sua cadeira na sala principal da Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade, ele deixa de lado a ideia de pertencer a uma "consciência universal" e ostenta uma bandeira brasileira. Simpatias por causa de futebol são, no entanto, proibidas: "Deus é o único instrumento de fé."

Se eu pudesse, compraria 22 bolas e dava uma para cada jogador, pois não gosto de ver meus filhos quase se matando indo atrás de uma bola só."
Inri Cristo, homem que se proclamou a reencarnação de Jesus

A recomendação dele, inclusive, é de que os jogadores e técnicos invoquem aos céus para buscar inspiração durante o torneio. Mas, apesar de apreciar o evento, o religioso não deixa de ver problemas relacionados ao Mundial.

"A Copa do Mundo também serviu para maquiar a realidade, dopar a memória do povo induzindo-o a esquecer momentaneamente as misérias, as dificuldades, a fome", disse. "[E tem uma injustiça] Os jogadores trabalham em equipe, sozinho ninguém faz nada, e, na hora 'H', só aquele que marcou o gol é reconhecido pelos aficionados em futebol."

O profeta completa. “Se eu pudesse, compraria 22 bolas e dava uma para cada jogador, pois não gosto de ver meus filhos quase se matando indo atrás de uma bola só. [...] Brinco dizendo que prefiro não ver meus filhos se batendo, um querendo tirar a bola do outro. A solução é simples: se eu tivesse recursos econômicos, daria uma bola para cada um deles e todos ficariam tranquilos, cada um com a sua bola, já que é isso que eles querem.”

Inri Cristo em sua cadeira na sede da Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade, no Distrito Federal (Foto: Alysluz Varella/Soust)Inri Cristo em sua cadeira na sede da Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade, no Distrito Federal (Foto: Alysluz Varella/Soust)

Recusando a ideia de apontar quem vai levar a Taça da Copa do Mundo, Inri resolveu ser enigmático e disse que é importante que as pessoas tenham consciência que nem todo mundo que sai vitorioso é necessariamente campeão. Ele ainda ironizou a ideia de ter um amuleto em prol da seleção.

"Todos os dias eu uso verde e amarelo internamente, comendo abacate, que é amarelo por dentro e verde por fora e faz bem para minha pele, para saúde. Pelo menos pra mim dá muita sorte", brincou.

Confira a entrevista completa:

1. Quando Inri foi goleiro? Que idade ele tinha? Ele chegou a ser jogador profissional? Se sim, por qual time? Por quanto tempo jogou?

INRI CRISTO: “Fui goleiro quando tinha 9 anos; naquela época estudei na Escola Mista Municipal Albert Stein pelo período de aproximadamente um ano. Jamais joguei como profissional, era apenas uma atividade escolar”.

2. Inri continua jogando futebol? Se sim, com que frequência? Se não, por que parou?

INRI CRISTO: “Não jogo futebol. Como mencionei anteriormente, fui goleiro durante o período escolar. Com o passar do tempo optei pela sinuca, esporte salutar de minha adolescência”.

3. Por que Inri escolheu ser goleiro? Ele gostava do esporte? Que benefícios via?

INRI CRISTO: “Escolhi ficar na defesa porque não apreciava correr atrás da bola; participava dessa atividade por ser um ditame do ambiente social escolar daquele momento. Sobre os benefícios, aprecio todo esporte que faça bem à saúde e em cuja prática não haja violência”.

4. O que Inri tem achado da Copa do Mundo? Ele torce por alguma seleção em especial? Como tem visto a atuação do Brasil e de Felipão?

INRI CRISTO: “Eu aprecio a Copa do Mundo quando esta promove um encontro harmonioso entre as nações, quando há uma interação cultural entre os povos. Como a minha consciência é universal, obviamente não torço por nenhum time. Todavia, reconheço o esforço titânico dos jogadores brasileiros e do técnico a fim de manter o equilíbrio, a postura e a dignidade”.

5. Tendo experiência de goleiro, o que Inri acha de Júlio César? Acha que foi sorte seu desempenho no jogo contra o Chile ou acha que de fato o goleiro titular tem competência?

INRI CRISTO: “O goleiro titular da seleção brasileira está conseguindo imperar na defesa da trave, e sempre que invocar o SENHOR sem intermediário, confiando só no ALTÍSSIMO, ele conseguirá manter o controle, o equilíbrio. A competência, o esforço do goleiro brasileiro é indiscutível”.

6. Para Inri, há algum goleiro melhor no Brasil?

INRI CRISTO: “No momento não vejo ninguém. Um que poderia se equiparar está na prisão mineira. Como disse anteriormente, o Júlio César é o imperador da trave”.

7. Inri gosta de acompanhar os jogos? Por quê? O que acha que tem de melhor? Do que não gosta?

INRI CRISTO: “Obviamente acompanho os jogos do Brasil, não só por gostar, mas por saber que serei questionado sobre o desempenho dos jogadores e para isso tenho que opinar com conhecimento, com juízo formado. Na véspera também dou uma mirada nos que vão jogar com o Brasil”.

8. Como Inri acha que a Copa do Mundo pode ajudar o Brasil? E os outros países?

INRI CRISTO: “A Copa do Mundo mexeu com o neurosistema dos brasileiros em todos os sentidos, seja no sentido de praticar o bom senso, seja no sentido de buscar a unanimidade, o consenso, de pensar globalmente. A Copa do Mundo também serviu pra maquiar a realidade, dopar a memória do povo induzindo-o a esquecer momentaneamente as misérias, as dificuldades, a fome... Todavia, os que ficaram náufragos, sem casa, os que foram desalojados por causa das alterações climáticas, inundações, tempestades, etc. continuam calcando firmemente os pés na realidade, continuam pensando na realidade cotidiana; esses não foram dopados. Quanto aos outros países, a Copa do Mundo lhes facultará conhecer o Brasil incógnito, e quiçá terão a chance de descobrir que o Filho do Homem está aqui no Brasil, onde em 1982 foi instituído o Reino de DEUS, oficializado pela SOUST, cuja sede encontra-se em Brasília, a Nova Jerusalém do Apocalipse c.21”.

9. Quais os destaques da seleção brasileira para Inri? Por quê? Quem acha que não deveria ter sido escalado? Inri aprova o técnico Felipão? Por quê?

INRI CRISTO: “No meu parecer, o destaque foi a luta ferrenha, o esforço do imperador da trave, Júlio César. Eu não acho que alguém não deveria ter sido escalado, mas vejo que por motivos ideológicos alguém não foi escalado... Na copa de 70, por exemplo, por motivos ideológicos o Saldanha não havia escalado o Pelé, e quando o Saldanha foi preterido e exilado, o Zagalo escalou o Pelé outrossim por motivos ideológicos. Cada um deve olhar lá atrás na história e matar a charada; que cada um raciocine como lhe aprouver. O Felipão será aprovado sempre que ele invocar diretamente meu PAI, SENHOR e DEUS, único Ser incriado, único Eterno, único Ser digno de adoração e veneração, único SENHOR do Universo, acima de tudo e de todos, sem intermediários, a fim de pedir bênção e proteção”.

10. Inri chega a usar verde e amarelo para ver os jogos? Acha que isso pode trazer sorte? Inri tem algum tipo de “simpatia” ou mesmo de “amuleto” para ver os jogos?

INRI CRISTO: “Todos os dias eu uso verde e amarelo internamente, comendo abacate, que é amarelo por dentro e verde por fora e faz bem pra minha pele, pra saúde... pelo menos pra mim dá muita sorte! Ao lado do altar onde concedo entrevistas e faço meu programa ao vivo todos os sábados às 11h da manhã no www.inricristo.tv, há uma bandeira verde-amarela, a bandeira do Brasil. Essa bandeira dá sorte sim, pois as pessoas que me ouvem, começam uma vida nova, mudam para melhor... por isso eu sei que dá sorte. Quanto à simpatia, eu simpatizo sim, com os jogadores, e não careço usar amuleto. Meu PAI é o único instrumento de fé, o único poder que rege a mim e àqueles que me seguem”.

11. Como Inri acha que vai terminar a competição? Quem ele acha que vai ser o campeão?

INRI CRISTO: “Vitorioso será aquele que direta e unanimemente, sem intermediários, invocar o Supremo CRIADOR, o ALTÍSSIMO, para receber a bênção, a proteção, a vitória. Aquele que ficar sob as graças do ALTÍSSIMO por havê-lo invocado sem intermediários será vitorioso. Mas nem sempre o vitorioso é campeão, e nem sempre o campeão é vitorioso. Eis a enigmática charada”.

 

O MÉPIC - Movimento Eclético Pró INRI CRISTO informa:

Como é de praxe aqui na SOUST, todas as entrevistas que INRI CRISTO concede às mídias, independente de serem veiculadas ou não, são publicadas em nossos sites oficiais e redes sociais.

anuncio inri tv menor

DOAÇÕES À SOUST

Veja como participar da
missão de INRI CRISTO

Newsletter da SOUST

Digite seu e-mail:


RSS Feed Image Inri Cristo via RSS

Depoimentos

As palavras de INRI CRISTO refletem o mais elevado estado de lucidez, coerência, realismo. Que as mensagens de INRI neste site possam tocar os corações e iluminar as consciências. Num mundo conturbado pela violência, incompreensão, preconceitos, antagonismos... é necessário abrir as portas da espiritualidade para desfrutarmos momentos de alegria e paz interior, que nos fortalecem e nos tornam mais humanos.

Adeí Schmidt
Discípula de INRI CRISTO, Brasilia
Sep 16, 2011

Visitantes online

Nós temos 154 visitantes online

Redes sociais:

  • Facebook Page: 139052659514125
  • Flickr: inricristo
  • Twitter: _INRICRISTO
  • Vimeo: 27506247
  • YouTube: INRICRISTOnaWeb

banner app inricristonaweb

SOUST - Uma escola mística e filosófica

A SOUST é uma Escola Mística e Filosófica onde o Mentor Regente INRI CRISTO ensina os seres humanos a viver harmoniosamente em simbiose com DEUS, coerente com o que disse há dois mil anos e suas palavras valem para sempre: "Buscai, pois, o Reino de DEUS e sua justiça, e todas as outras coisas vos serão dadas por acréscimo" (Mateus c.6 v.33).

Leia mais

 

Como participar da missão de INRI CRISTO?